Aliá e Absorção

alia site

Nos últimos anos houve um aumento significativo de novos imigrantes em Israel, vindos principalmente de países como França, Rússia e Ucrânia. O número de Olim vindos do Brasil também foi recorde em 2015, com previsão de crescimento para 2016.
As origens, as idades e as condições sócio econômicas dos imigrantes podem ser diferentes, mas a angústia dos novos desafios é comum a todos. Para um país inclusivo como Israel, a absorção e integração entre os que fazem Aliá tem que ser acolhedora e capaz de dotá-los de independência para se tornarem cidadãos produtivos e inseridos socialmente.
Um dos maiores desafios do Keren Hayesod é prover passagens, moradia, plano de saúde, ensino de hebraico, capacitação profissional, entre outras necessidades, aos cerca de 20 mil Olim que chegam a Israel todos os anos.