Nossa Campanha

Judeu consciente, ativista solidário

Category:

Nossa Campanha

ze messer

José e Leonor Messer

Empreendedor. Essa é a palavra que melhor traduz José Luis Messer, empresário de sucesso, que já atuou em diversos segmentos profissionais. Zé, como é mais conhecido, hoje tem como negócios principais a construtora Lotes do Brasil e o restaurante Nam Thai, no Leblon. O mesmo foco, o mesmo cuidado e mesma responsabilidade que dedica aos negócios, Zé empresta, também, a assuntos como família, amigos, religião e ativismo.  O resultado disso é um chefe de família atuante, um amigo dedicado, um judeu consciente e um ativista solidário.

“… Penso que vivemos um período mágico para Israel, pois o povo judeu está no controle dos destinos de sua terra, a Terra Prometida.
Israel é hoje uma Terra Livre, democrática e inovadora que, apesar do enorme custo despendido para garantir sua segurança, está em franco desenvolvimento e a cada dia mais mostra sua força tecnológica e capacidade econômica.

. Qual é a sua relação com Israel? Como é transmitido esta relação na sua família?

-Minha identidade judaica está ancorada no tripé Religião (D’us), Costumes (Tradições) e Israelidade.  Cada um com seu devido peso. São estas também as fontes que inspiram, renovam e revigoram essa identidade.

Em Israel tenho tios muito queridos que  emigraram há muitos anos e que lá formaram  família. Isso me aproxima ainda mais do país. Assim,  habitualmente acompanho seu cotidiano e me sinto um pouco parte dele e um pouco responsável por ele, ainda que fisicamente distante.

Penso que vivemos um período mágico para Israel, pois o povo judeu está no controle dos destinos de sua terra, a Terra Prometida.

Israel é hoje uma Terra Livre, democrática e inovadora que, apesar do enorme custo despendido para garantir sua segurança, está em franco desenvolvimento e a cada dia mais mostra sua força tecnológica e capacidade econômica. Em Israel, as diversas gamas e matizes de nossa tribo convivem em razoável harmonia. E Israel está permanentemente aberto e empenhado em receber e integrar todos os demais membros de sua tribo, que estão espalhados pelo mundo e que lá desejem viver.

Esses pensamentos são frequentemente expostos e debatidos em nossa casa. Temos sido também enormemente ajudados na formação e educação de nossos filhos, pois estes desde cedo estudaram no Liessin, uma escola com preocupação permanente na conexão dos jovens ao tripé Religião/Costumes/Israel.

 
. Você acredita que todos os judeus da diáspora são também responsáveis pela manutenção e progresso do Estado de Israel? Por quê?

 -Todos os judeus do mundo são  parte de uma mesma família, cuja origem remonta a nossos patriarcas. Todos são responsáveis por todos. E também responsáveis em honrar a Terra que nos foi prometida para viver, e que representa um porto seguro para todo judeu. Podemos não viver em Israel, mas não podemos viver sem Israel.

Entretanto, essa é uma via de mão dupla. O Estado de Israel já começa a andar com suas próprias pernas e cada vez terá mais condições e será mais responsável pelo apoio ao desenvolvimento das comunidades judaicas que vivem na diáspora, fazendo cada vez mais, principalmente, pela nossa juventude.

 . Quando e por que passou a ser um contribuinte do Fundo Comunitário? Como vê as ações desta instituição em prol da comunidade judaica?

-Já há muitos anos contribuo com o Fundo Comunitário, sendo que a intenção de apoio foi sempre mais forte do que o valor das contribuições propriamente ditas.

Mais recentemente tenho percebido o Fundo com um novo vigor, atuando como uma instituição forte, dinâmica, com ações vibrantes que ajudam a integrar a Comunidade Judaica da Diáspora a Israel e vice versa, ações que diminuem as distâncias e estimulam  a convergência, o que tem feito aumentar minha identificação e envolvimento com essa Instituição.

 .Como empresário e empreendendor, de que forma o judaísmo serve de base para as suas ações?

-Somos conhecidos como o povo do livro,  da Torá, e é esta a razão de o povo judeu ser o único a ter sobrevivido ao longo da história da humanidade. A busca pelo conhecimento e o aprendizado sempre fizeram parte da minha formação. Naturalmente, então, a análise, o planejamento e o conhecimento daquilo em que estou envolvido são via de regra as bases para minhas decisões como empresário e empreendedor.

O legado ético e moral judaico que recebi na casa de meus pais está também na base de minhas ações. Empreender e ser bem sucedido não significa prejudicar terceiros. Crescer respeitando o próximo!

A oração e a conexão com D’us servem também como apoio em muitos momentos!

 
. O que mais te orgulha na sua trajetória pessoal?

-Ter mantido, ao longo dos até aqui mais de 35 anos de atividade empresarial razoavelmente bem sucedida, um comportamento honrado e digno.

Igualmente me orgulha ter constituído uma bela família e a ela estar transmitindo os valores que acredito e pratico: amor e união familiar, crença em um D’us único, culto às tradições judaicas, busca pelo conhecimento, respeito ao próximo, determinação e dedicação ao trabalho para alcançar os objetivos traçados, agir com honestidade, caráter e amor ao próximo, ser simples, ser leal, ser desprovido de inveja, e saber ser justo.

 . Qual a mensagem que passaria para os amigos em relação a participação em instituições judaicas e apoio ao Estado de Israel?

-A chama do judaísmo precisa muito do empenho de cada um para se manter sempre acesa. O Estado de Israel e as instituições judaicas existentes são peças fundamentais para manter o judaísmo vivo, vibrante, estimulado e estimulante. Para tal, é necessário que cada judeu dê um pouco de si em prol desse objetivo comum, buscando apoiar àquelas instituições com que mais se identifica, seja através de doação de seu tempo, seja através de contribuição financeira, melhor ainda se das duas formas. Quanto ao apoio ao Estado de Israel, é importante relembrar: Israel é um local livre onde qualquer judeu de qualquer parte do mundo será sempre bem recebido!