Divisão Feminina

Leoas recebem jornalista premiado pelo Papa

Category:

Divisão Feminina

IMG_2129

Para o convidado especial da noite, o jornalista internacional Henrique Cymerman, a palavra de ordem foi  “Inshallah”. Para os presentes, a palavra de ordem foi “privilégio”. Essa foi a sensação dos 90 convidados especiais do Jantar Anual das Leoas de Judá, que tiveram a oportunidade de ouvir a palestra do jornalista, correspondente do Médio Oriente para La Vanguardia, Globo News, Antena 3 e SIC. Uma das vozes mais respeitadas do jornalismo internacional, Henrique Cymerman foi o último jornalista a entrevistar Rabin e um dos primeiros a entrevistar o Papa Francisco, no Vaticano, de quem recebeu o prêmio Anjo da Paz.

IMG_1850

Durante o evento, que foi realizado na residência do casal Gisela (presidente do Grupo Leão de Judá) e Abrão Wajnberg, Cymerman fez uma palestra impressionante pela clareza, objetividade e, principalmente, pelo conteúdo. O jornalista, que é um dos poucos profissionais a gozar de trânsito livre entre porta vozes dos dois lados do conflito árabe israelense, esclareceu sobre o conturbado cenário atual de Israel, traçou um perfil psicológico dos jovens terroristas palestinos que esfaqueiam pessoas, mas, acima de tudo, falou sobre as possibilidades de luz que, “Inshallah”, existem como perspectiva para o futuro.

IMG_2073

Durante mais de uma hora Cymerman analisou a situação no Oriente Médio com os grupos terroristas como o Daish, Hamas, Hezbolah, as relações entre Israel e Russia, Israel e Egito, a situação nuclear do Irã e o papel de protagonista que, segundo ele, “Inshallah”, o Papa Francisco poderá assumir dentro desse cenário.

Um dos pontos mais relevantes da palestra foi o destaque às mídias sociais. “Essa é uma guerra midiática e temos que saber lutá-la”, afirmou o jornalista, referindo-se ao incitamento dos jovens palestinos através das redes sociais. “Hoje a diplomacia pública é uma arma tão ou mais poderosa que um tanque ou um míssil”, acrescentou ele.

IMG_2112

“Israel sozinho não pode vencer essa luta. Nem vocês. Tem que ser uma joint venture”, disse Cymerman referindo-se à necessidade do apoio dos judeus da diáspora nesse trabalho de hasbarah – esclarecimentos, palavra que ele prefere substituir pelo termo “diplomacia pública”.

Hernique Cymerman concluiu sua palestra agradecendo ao Fundo Comunitário pelo convite e aos anfitriões da noite pelo acolhimento. Ele também mencionou o trabalho das Leoas, afirmando que cada dólar que vai para Israel é mais importante para quem contribui, do que para o Estado, já que “ele exprime um sentimento de solidariedade para com uma causa comum”.

IMG_2186

O presidente do Fundo Comunitário do Rio de Janeiro, Ilan Goldman, em seu encerramento, disse que havia planejado falar sobre agradecimento. Mas que, diante de tudo o que havia sido dito durante a noite, a palavra agradecimento tinha, agora, um outro significado. “Não devemos ficar nos perguntando o que Israel está fazendo por nós, mas sim, o que nós, enquanto judeus, podemos fazer por Israel. Essa é nossa forma de agradecer”, afirmou  Ilan, complementando: “se estivermos juntos, coesos, seremos uma minoria que reverbera, que faz a diferença”.

IMG_1903

Estiveram presentes ao Jantar Anual da Leoas de Judá, o Cônsul honorário de Israel, Osias Wurman, e o presidente da FIERJ (Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro), Paulo Maltz.

 

Confira abaixo alguns flashes desse evento

IMG_1883

IMG_1992

IMG_1897

IMG_1863

IMG_1865

IMG_1867

 

IMG_1891

IMG_1898

IMG_1901

IMG_1903

 

IMG_1916

IMG_1918

IMG_1919

IMG_1924

IMG_1926

IMG_1943

IMG_1947

 

 

IMG_1957

 

IMG_1959

IMG_1961

IMG_1964

IMG_1965

IMG_1967

IMG_1969

IMG_1975

IMG_1979

IMG_1986

 

IMG_1998

IMG_2013

IMG_2022

IMG_2025

IMG_1856

IMG_2058

IMG_2073

Veja aqui todas as fotos

Tags: ,