Registros

Professora Ada Yonath Prêmio Nobel de Química (2009)

Category:

Registros

A Professora  Ada Yonath recebeu o Diploma em Química na Universidade Hebraica de Jerusalém no ano de 1962 e o PhD em Cristalografia no Instituto Weizmann de Ciências no ano de 1968. Continuou estudos nos Estados Unidos, na Universidade Carnegie Mellon e no Instituto de Tecnologia de Massachussets  MIT. A carreira profissional, de grande sucesso, inclui grande quantidade de distinções, doutorados honorários (Oxford e Cambridge entre outros) e prêmios (listado completo no anexo). Destaca-se o Premio Nobel de Química no ano 2009.

A Professora Yonath  é reconhecida mundialmente pela pesquisa nos ribossomos, as chamadas fábricas de proteínas das células. A tenacidade lhe permitiu, depois de 25.000 tentativas, criar no ano 1980 os primeiros cristais, forma que permitiriam estudar a estrutura complexa destas organelas celulares. Nos vinte anos seguintes, continuou trabalhando a técnica com os seus colegas até que no ano 2000, dois times, um do Instituto Weizmann e outro do Max Planck Institute de Hamburgo, ambos chefiados pela Professora Yonath, resolveram pela primeira vez a estrutura espacial das duas subunidades do ribossomo de uma bactéria. O fato foi considerado um dos desenvolvimentos científicos mais importantes do ano, pela revista Science. No ano seguinte, a equipe revelou exatamente como alguns antibióticos conseguem eliminar bactérias patogênicas se unindo aos ribossomos. A pesquisa da Professora  Yonath, continuada até hoje no mundo todo, revelaram-se cruciais para o desenvolvimento de novas gerações de antibióticos e para enfrentar um dos principais problemas de saúde atual, a resistência dos germens aos antimicrobianos.

Atualmente, a Professora Ada Yonath continua o seu trabalho no Instituto Weizmann, com a cadeira The Martin S. and Helen Kimmel de Biologia Estrutural,e ocupa a posição de diretora no Centro Helen and Milton A. Kimmelman.
Entre outras honras, a Profª Yonath é membro das Academias de Ciencias dos Estados Unidos, Alemanha e o Vaticano e a Academia de Ciência e Tecnologia da Coreia

A Professora. Yonath compartilha o interesse cientifico com a sua filha Dra Hagith Yonath e a sua neta Noa.