Eventos

Seminário Kesher 2013

Category:

Eventos

“Keren Hayesod Young Leadership”

Jerusalém, 17 a 21 de junho de 2013

por Tamara Rothstein

Email a um amigo, 27/6/2013:

“(…) Mas esses dias fiz algo legal (como o facebook talvez já tenha te contado): participei de um seminário em Israel para jovens líderes do Keren Hayesod do mundo inteiro. O KH existe desde 1920 e foi criado com o objetivo de angariar fundos para a criação do Estado de Israel. Mas segue tendo um impacto enorme no desenvolvimento do país até hoje, e foi isso que fomos ver com os próprios olhos. O KH financia a Agência Judaica. Toda a verba de aliá e absorção, por exemplo, vem do KH através das doações dos judeus do mundo todo (tudo aquilo que para nós é “de graça quando você faz aliá” tem que vir de algum lugar, né? ). Mas não se resume a aliá, pois financia vários projetos sociais em Israel, construção de creches, escolas, hospitais, abrigos subterrâneos, etc, fora o investimento nas comunidades locais (tnuot, escolas, shlichim). É… comprei a causa!

Confesso que o programa me surpreendeu bastante, pois ofereceu um novo olhar sobre o país, mesmo já tendo morado lá 4 anos e participado de todos os tipos de viagens educacionais sionistas. Incluiu uma recepção em petit comité com o primeiro ministro e outra com o presidente, além de um jantar com o Gilad Shalit.

Éramos 23 jovens de 15 países, o que por si já foi uma experiência riquíssima. Ainda mais quando compartilhamos a mesma paixão e os mesmos objetivos. Aproveitávamos as viagens de ônibus e os intervalos entre as atividades para trocar experiências e aprender sobre as comunidades e campanhas nos outros países. Isso foi realmente inspirador. Além desses contatos informais, tivemos dinâmicas com brainstorming para geração de ideias de novos projetos. Voltei com uma listinha no iPad e já começamos a colocar em prática .
Israel é de fato um quebra-cabeças que vem sendo construído com a ajuda de milhares de judeus de todo o planeta. Acho isso incrivelmente emocionante. (…)”

OBS: No Brasil, o KH funciona através do “Fundo Comunitário”.

Um pouco mais sobre o seminário:
Workshop: “Wearing Herzl’s Hat- What Makes A Person A Better Leader?”
Logo no primeiro dia fomos ao Museu Herzl, em Jerusalém, onde tivemos um workshop. Para minha surpresa, o foco não foi nos “fins” do nosso amigo visionário, e sim em seus meios. Não discutimos o sionismo em si, suas diversas correntes, os congressos sionistas, o caso Dreyfuss, a proposta de Uganda, etc. O que fizemos foi analisar as características de liderança de Herzl e nossas próprias. Ótima reflexão para começar.

 

Youth Futures :: Jovens do Futuro
Youth Futures é um projeto que atende mais de 10.000 crianças e adolescentes em situação de risco social, oferecendo uma assistência personalizada que eleva a auto-estima e permite que a criança realize seu potencial. Funciona dentro da própria escola através de curadores, que são profissionais capacitados para trabalhar com crianças e suas famílias por até 3 anos, buscando reduzir problemas sociais por meio de atividades extracurriculares.
Fomos ver o projeto funcionando na escola Weizmann em Yafo. Mais emocionante do que o encontro com as crianças (pintamos com eles as paredes de duas salas da escola) foi ouvir as curadoras falando sobre seu trabalho e contando, com brilho nos olhos, casos de crianças beneficiadas pelo projeto.
Mas a hora da pintura também foi uma farra. E quando perguntei pro Emanuel (um garoto moreno de olhos verdes e um sorriso lindo) onde estava o resto dos alunos, me disse que estavam em aula, e que ele e os outros que estavam conosco foram escolhidos para participarem da pintura por serem os mais exemplares! Adorei.
(Youth Futures – Empowering Israeli Youth – vídeo sobre o projeto).

Keren Hayesod Campaign Cabinet
O Seminário Kesher estava acontecendo no mesmo período em que a Conferência Anual Mundial do Keren Hayesod (que reúne líderes e ativistas do mundo todo), então pudemos participar de alguns eventos da conferência maior. Esse “campaign cabinet” ofereceu uma visão das iniciativas e programas do KH no ano passado e as projeções para o futuro. Achei que fosse cair totalmente de pára-quedas ali, mas a verdade é que foi uma ótima oportunidade para conhecer melhor o funcionamento da instituição e o momento que vivemos. Meu word cloud interno registrou os seguintes top issues: Collective Action, Connection to Israel, Global Jewish Community, National Priorities.


Palestra  sobre “Young Leadership as an independent Campaign”

Mevaseret Zion Absorption Center
Já sabemos que a aliá dos etíopes é diferente, que a absorção deles em Israel é muito mais complexa, pois vêm de uma cultura completamente diferente da nossa, etc. Mesmo assim a visita ao centro de absorção de etíopes em Mevaseret Tzion me impressionou.
Fomos recebidos por duas moças que fizeram aliá há poucos meses, e nos serviram o café e o pão tradicional que elas prepararam. A diretora da Agência Judaica que nos acompanhava explicou sobre a vida deles na Etiópia e alguns aspectos culturais que explicam a dificuldade de adapatação à nova vida em Israel. Só fui ficando mais perplexa conforme ela falava.
Passeamos um pouco pelo centro de absorção, que é como um bairro: tem ruas com casas, escola, salas de aula de ulpan, jardim de infância, espaços de recreação e postos de saúde. Um detalhe me chamou atenção: os espaços entre as construções são todos plantados. Hortas, pomares e jardins são uma forma de se ocuparem de algo que os mantém ligados à terra e às suas origens.
E para fechar a visita, fomos andando em direção à escolinha, onde visitamos a turma das crianças de 4 anos e no juntamos a elas no “birkat hamazon” (benção após a refeição). Foi muito emocionante vê-las ali sentadas, saudáveis, vestidas e falando hebraico. Eu, de alguma forma, me senti parte disso.

Bibi Netanyahu e Shimon Peres
Sim, é verdade: fomos recebidos em petit comité pelo primeiro ministro Bibi Netanyahu em seu escritório. Esta parte não estava na programação inicial e causou um certo frisson quando ficamos sabendo. Acredito que, em primeiro lugar, não pelo simples fato de estar cara a cara com o PM e sim pelo kavod que isso representa. Acho que no pano de fundo ficou a sensação de que “alguma” importância o Keren Hayesod deve ter neste país para sermos recebidos pelo PM.. Gostando ou não de sua política, sua oratória é impressionante. E foi especial e ouvi-lo falar da importância do nosso trabalho.
O Moodi Sandberg (Presidente Mundial do KH) apresentou a ele nosso grupo:
“These are your foot soldiers in an army that doesn’t wear a uniform. But deep in the heart it is exactly like what soldiers feel: devotion, dedication and readiness to do whatever is necessary.”
E o Bibi nos presenteou com alguns conselhos sobre liderança:
“Stick to your beliefs. Be proud of yourselves and your truth. Leaders are not needed in order to make easy decisions; you must be prepared to be unpopular if that is the dictate of the hour”.
Aqui está o vídeo desse encontro. A senhora que sobe ao palanque no minuto 12:10 é a Julia Koschitzky, canadense que patrocina todo ano o Seminário Kesher.

E sim, também tivemos a honra de participar do jantar em comemoração aos 90 anos do presidente Shimon Peres e ouvi-lo discursar pela terceira vez em poucos dias (pois é, a semana foi agitada na terrinha: Israeli Presidential Conference, Keren Hayesod Annual World Conference e KH Young Leadership Seminar). Tive a oportunidade de cumprimentá-lo pessoalmente, dando mazal tov em nome da comunidade do Rio de Janeiro.

E na festa estilo bar mitzvá que se seguiu ao jantar, nosso grupo marcou presença em grande estilo. Na verdade, assim foi nos eventos em que participamos: não passamos despercebidos. Era fácil identificar na expressão das pessoas a satisfação de ver a nova geração entrando na engrenagem.

Presentense :: Social, Community & Organizational Entrepreneurship
No último dia tivemos um workshop de empreendedorismo, inovação e fundraising com uma consultoria chamada Presentense. Foi sensacional! Os dois jovens conduzindo a atividade eram extremamente enérgicos e inspiradores, e logo entrei naquele estado de entusiasmo, acreditando que tudo é possível e anotando mil e uma ideias no iPad.

IdeaSlam: Keren Hayesod’s fundraising idea generator

Depois dessa palestra interativa inicial, foi a hora de pôr os neurônios criativos para funcionar. Os meus, sempre tão preguiçosos nesse quesito, já estavam a todo vapor. Em pequenos grupos, fizemos um brainstorming de projetos que podemos desenvolver nas comunidades, e então cada grupo apresentou sua melhor ideia. Como a criatividade das pessoas me fascina! É claro que surgiram projetos mirabolantes, mas ouvi várias coisinhas interessantes que juntando e adaptando podem bem nos servir no Rio. E depois recebemos por email um brinde do pessoal da Presentense: a lista de todas as ideias geradas nesse workshop. Presentinho muito bem-vindo, para ler e se inspirar naqueles momentos em que os neurônios criativos se recusam a comparecer.

Keren Hayesod Mundial: http://www.kh-uia.org.il
Fundo Comunitário do Rio de Janeiro: www.fcrj.org.br
Dor Hemshech (grupo jovem) do FCRJ: http://www.facebook.com/DorHemshech

Tags: , ,