Nossa história

Keren Hayesod

Criado em 1920 durante a Conferência Sionista de Londres, o Keren Hayesod (“Fundo de Construção”) é o braço de captação de recursos oficiais para a Agência Judaica em sua luta pela segurança e prosperidade do Povo Judeu na Terra de Israel. Os recursos coletados pela instituição vêm auxiliando os judeus de todo o mundo a construir o Estado de Israel.
Em 23 de março de 1921, o KH foi registrado oficialmente como uma entidade britânica, cujos membros foram escolhidos pela Comissão Executiva do Conselho da Organização Sionista Mundial. Entre os fundadores constam nomes importantes, como Chaim Weizmann e Vladimir Ze’ev Jabotinsky.

Em 1926, a sede do KH foi transferida de Londres para Jerusalém.

Durante o Holocausto, os recursos do KH se mostraram cruciais. Milhares de judeus conseguiram escapar da morte graças à instituição, que organizou e financiou operações de retirada rumo a locais seguros. Até 1948, o KH captou US$ 143 milhões, que permitiram a imigração e o assentamento de 500 mil imigrantes (96 mil crianças), a fundação de 257 localidades e a construção de 250 mil casas.

Mais tarde, os recursos do KH seriam aplicados no auxílio aos milhares de judeus expulsos de países árabes.

Em 1956 o Knesset (parlamento) aprovou a Lei do Keren Hayesod, confirmando seu status de único arrecadador oficial de fundos para o Estado de Israel no exterior. Em 1966, o KH foi registrado em Israel como uma empresa sem fins lucrativos.

Até os anos 80, o KH financiava cursos de formação profissional para imigrantes, gere recursos hídricos e financia diversas obras públicas e sistemas de auxílio desemprego, além da construção e do investimento em grandes empresas do setor energético, mineral e de transporte naval. Os recursos do KH também financiam atividades culturais, como o Teatro Nacional de Israel, a Orquestra Filarmônica de Israel (uma das mais conceituadas do mundo) e várias universidades de ponta.

Atualmente, o KH foca seus investimentos em Aliá, absorção de novos imigrantes, educação judaica na diáspora e fortalecimento dos setores mais frágeis da sociedade israelense.

Fundo Comunitário Israelita do Rio de Janeiro

O Fundo Comunitário iniciou suas atividades em 1952, com o nome de Magbit. A partir de 1974, passou a utilizar seu nome atual.

Durante estas décadas, o Fundo foi parceiro de Israel nos momentos mais importantes e mais difíceis do país, como durante as guerras dos Seis Dias, do Yom Kipur e do Líbano.

Nos últimos 4 anos, a instituição alcançou objetivos importantes em sua história, como o aumento de 70% na arrecadação e a adoção de um novo Estatuto.